Instituições discutem sobre enfrentamento à violência contra a Mulher em Serra Preta

Durante a manhã de hoje representantes de órgãos que discutem o enfrentamento à violência contra mulher se reuniram para debater o fortalecimento da rede de enfrentamento de Serra Preta.

Participaram como palestrantes a representante da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres, Karla Ramos, a Tenente Edilene Silva, Comandante da Ronda Maria da Penha em Feira de Santana e o Tenente Rafael Nascimento, assim como a serrapretense Selma Glória de Jesus, coordenadora do Programa de Gênero do MOC e membro do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher.

Em sua fala Karla Ramos esclareceu ao público a importância de discutir o assunto e realizar um trabalho de conscientização sobre os vários de tipos de violência a que a mulher é exposta, desde a violência física, psicológica, patrimonial e sexual. Ela também orientou quais os passos o município precisa seguir para construir e fortalecer a rede em ambito local e respondeu as dúvidas do público participante na plenária final.

A Ten. Edilene Silva explicou como funciona o trabalho da Ronda Maria da Penha em Feira de Santana, ressaltando o processo de capacitação que os policiais passam para atuar no atendimento às mulheres vítimas de violência. Ela também ressaltou que o papel fundamental é a defesa dos direitos humanos. Na Bahia existem apenas 07 rondas como essa que tem como papel proteção às mulheres ameaçadas.

“A sociedade tem uma dívida histórica com as mulheres”, com essa afirmativa, Selma Glória, coordenadora do Programa de Gênero do Movimento de Organização Comunitária trouxe a tona a preocupação com todas as mulheres, especialmente as mulheres negras, que são vítimas além de tudo da desigualdade econômica e social. “Quantas vezes a gente via a mulher só como secretária nos sindicatos, associações, por que não ocuparem a presidência?”, questionou Selma.

O prefeito Aldinho afirmou que a gestão está a disposição para fortalecer a rede de enfrentamento a violência contra a mulher no município, a partir das estruturas das secretarias de governo, ressaltando a importância da articulação do evento, que contou com a Secretaria de Saúde e demais órgãos convidados, como Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais e associações. A primeira-dama Renilda Leite também enfatizou a necessidade de unir esforços para defender os direitos das mulheres de Serra Preta, ampliar esse debate, realizar os próximos passos.

A Secretaria de Saúde, segundo o secretário Sérgio Moreira, está realizando seu planejamento plurianual e já está incluindo o tema do combate a violência contra mulher em sua programação. O evento aconteceu na Câmara de Vereadores, que cedeu o espaço para audiência. Estavam presentes os vereadores Pastor Magno, Souza, Eliude Miranda, Maizo Oliveira, que participaram da mesa de abertura.

   

Governo municipal

 

  (75) 3697-2117 (75) 3697-2114 (75) 3697-2154

    Av Dr. Liberalino Sales Gadelha, 69 - Centro

                 Serra Preta-BA

                          Horário de funcionamento

                             Segundas as Sextas

                               8h às 12h e das 13h às 17h

Telefones úteis

Prefeitura (75) 3697-2117
Educação e Cultura (75) 3697-2232
Saúde

(75) 3609-1204

(75) 3609-1517

Assistência Social (75) 3609-1401
Obras e serviços (75) 3609-1137
Desenvolvimento Rural (75) 3697-2114
Administração e finanças (75) 3697-2114
Câmara Municipal (75) 3697-2059
Conselho Tutelar (75) 3609-1205
Polícia Civil (75) 3609-1187
Polícia Militar (75) 3609-1290
Fórum (75) 3697-2126
Hospital Santo Antônio (75) 3609-1210
Cartório Eleitoral (75) 3697-2130